Não consegui. E não dá pra voltar atrás.

Hoje é aquele dia em que a ficha caiu.  O dia em que vi o presente, enxerguei o passado e previ o futuro que, infelizmente, não vai acontecer. Se houvesse um concurso mundial da pessoa mais idiota do planeta, eu ganharia esse título hoje. Levantaria o caneco com todos os méritos e louros, teria toda a desonraria que um idiota da minha estirpe merece.

Não dá nem pra pedir perdão, pra dizer que estou arrependido, que quero voltar atrás. Não tem mais volta, não tem mais jeito, não cabe mais recursos. Já foi. Já passou. Eu poderia te escrever mil palavras que nada adiantaria. Eu poderia andar de joelhos que nada adiantaria. Eu poderia, eu poderia… eu nada poderia. O que foi feito não dá pra ser desfeito. Mas, cara, na boa, não estou triste. Não é isso. Não é amargura. Nem inveja. Não sei o que é. Não é algo necessariamente ruim. Embora eu lhe deseje toda felicidade que possa caber em uma pessoa. Ou em duas. Mas acho que queria que fosse comigo. Acho que queria ter feito diferente, embora eu tenha tentado fazer diferente. Apenas não consegui.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em cara estranho

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s